Segunda, 02 de Agosto de 2021 11:55
Política Itajubá

Comissão derruba emenda que inviabilizava lei de transparência da vacinação

Emenda queria obrigar vacinados a assinar termo de autorização

16/06/2021 23h55 Atualizada há 1 mês
65
Por: Redação
Comissão de Constituição derruba emenda que inviabilizava lei de transparência da vacinação contra o coronavírus (Foto: Divulgação)
Comissão de Constituição derruba emenda que inviabilizava lei de transparência da vacinação contra o coronavírus (Foto: Divulgação)

A Comissão de Constituição da Câmara Municipal de Itajubá derrubou, por unanimidade, o projeto de emenda ao texto que prevê a divulgação da lista de vacinados contra a covid-19 em Itajubá. Votaram a favor da retirada da emenda o relator, Pedro Gama (PV), Marcelo Krauss (Progressistas) e Sebastião Silvestre (MDB).  

A emenda, apresentada pelos vereadores Rafael Rodrigues (DEM), Tenente Melo (Republicanos), Kener Maia (PL) e Chiquinho do Euzébio (PTB), queria obrigar cada vacinado a assinar um termo de autorização para que seu nome fosse divulgado. 

Na opinião de vereadores da oposição e independentes, a medida tornaria o projeto de lei inviável, porque os nomes das pessoas vacinadas antes da lei não poderiam ser divulgados, pela ausência dessas autorizações. 

O texto, de autoria dos vereadores Andressa Dayani (PT) e Markinhu Meirelles (PSD), foi aprovado em primeiro turno e deve ser votado na próxima segunda-feira (21). Se for aprovado, ele segue para sanção do prefeito Christian Gonçalves (DEM). 

O Projeto de Lei tem como objetivo barrar a ação de fura-filas na vacinação contra a covid-19 em Itajubá. Desde o início do processo de imunização contra o coronavírus, vários relatos apontam suspeitas de pessoas que passaram na frente sem ter prioridade. 

"A ação de grupos ou indivíduos que burlam as filas de vacinação, em um momento como esse, prejudica diretamente os grupos prioritários e coloca em risco toda a segurança da população de Itajubá", afirmam os vereadores autores do texto.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias