Segunda, 02 de Agosto de 2021 11:29
Geral Fiscalização

Procon autua dois postos de combustíveis por irregularidades em Itajubá

Ação teve objetivo verificar a qualidade do combustível e evitar irregularidades na comercialização do produto para o consumidor

15/07/2021 23h49 Atualizada há 2 semanas
2.604
Por: Redação
Operação autuou dois postos de combustíveis na cidade (Foto: Prefeitura de Itajubá)
Operação autuou dois postos de combustíveis na cidade (Foto: Prefeitura de Itajubá)

O Procon de Itajubá autuou dois postos de combustíveis por irregularidades durante uma operação de combate a fraudes nos estabelecimentos da cidade. A operação “Petróleo Real” fiscalizou 18 postos e contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (IPEM-MG), Guarda Municipal e Polícia Civil. 

A prefeitura não informou quais os postos autuados, nem a infração cometida. Durante a fiscalização, os militares do Corpo de Bombeiros não encontraram irregularidades nos postos de combustíveis. O IPEM-MG vistoriou seis postos e 17 bombas de abastecimento, sem verificar problemas.

A operação foi realizada no dia 8 de julho e aconteceu em todo o país. A ação teve como objetivo verificar a qualidade do combustível, a validade dos produtos, a aferição das bombas de abastecimento, a transparência da composição dos preços ao consumidor e outras infrações administrativas e criminais nos postos de gasolina. 

A operação buscou assegurar que os postos de combustíveis não estejam cometendo irregularidades, e que os consumidores estejam recebendo informações corretas, claras, precisas, ostensivas e legíveis sobre os preços dos combustíveis em território nacional.

A operação foi coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi) e da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias