Segunda, 02 de Agosto de 2021 13:50
Variedades Tecnologia

Artesãos de Maria da Fé vão contar com loja online para comercializar produtos

Projeto promove autonomia e geração de renda para artesãos

18/07/2021 22h13 Atualizada há 2 semanas
94
Por: Redação
Artesanatos produzidos por famílias de Minas Gerais são comercializados na internet (Foto: Agência Minas)
Artesanatos produzidos por famílias de Minas Gerais são comercializados na internet (Foto: Agência Minas)

Uma inciativa do Centro de Artesanato Mineiro (Ceart-MG) irá ajudar artesãos de Maria da Fé (MG) e outras cidades do estado a comercializarem seus produtos. Em comemoração aos seus 52 anos de história no cenário cultural de Belo Horizonte, o centro anunciou o lançamento de sua loja on-line, que já está disponível para os consumidores. 

O e-commerce disponibiliza, no momento, cerca de 250 produtos cadastrados, de 20 diferentes artesãos individuais. O espaço conta também com entidades de apoio, sendo três núcleos de produções familiares e seis associações/cooperativas de profissionais.

A presidente do Centro de Artesanato Mineiro, Ivana Dantés, afirma que a ação é um grande avanço na trajetória da instituição. “Esse tipo de venda era um sonho para nós e, com a chegada da pandemia, a ferramenta se tornou indispensável”, comemora Ivana.

A iniciativa vai beneficiar, em média, 60 famílias de Maria da Fé e de cidades como Belo Horizonte, Betim, Caraí, Carmo do Rio Claro, Curvelo, Datas, Divinópolis, Lagoa Dourada, Pará de Minas, Ponte Nova, Prados, Santa Luzia, Sabará, Ponto dos Volantes, Sete Lagoas e Turmalina.

“Possibilitar a inclusão do artesanato mineiro em uma plataforma digital é fundamental para a autonomia e a geração de renda dos artesãos”, destaca o superintendente de Potencialidades Regionais da Sede, Frederico Amaral.

Amaral comenta, ainda, as ações do Governo de Minas para valorização do setor econômico. “A pandemia acelerou os processos de digitalização e a classe de artesãos não pode estar de fora desse momento. A Carteira do Artesão já está disponível on-line e é com muita satisfação que apoiamos o desenvolvimento dessa ferramenta pelo Ceart, considerando toda a credibilidade e história dessa instituição”, acrescenta.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias