Segunda, 27 de Setembro de 2021 13:34
Geral Paralisação

Valônia inicia paralisação gradativa dos ônibus a partir de segunda-feira

Empresa alega falta de dinheiro e combustível para manter as atividades

30/07/2021 09h21 Atualizada há 2 meses
1.349
Por: Redação
Expresso Valônia paralisa parte das atividades por falta de combustível (Foto: Divulgação)
Expresso Valônia paralisa parte das atividades por falta de combustível (Foto: Divulgação)

A Expresso Valônia confirmou que irá paralisar as atividades de parte das linhas a partir desta segunda-feira (2). O motivo é a falta de dinheiro por conta da pandemia de covid-19. Não haverá itinerário nas linhas Cruzeiro-Cafona, Rio Manso-Mercado, Freire-Mercado e Rebourgeon-Medicina, via Piedade.

De acordo com o gerente da empresa, Romeu Fiuza, a paralisação acontece em meio à crise econômica que a empresa tem passado por conta da pandemia do novo coronavírus. Ele explicou que a decisão ocorreu por falta de combustível.

“O sistema vai parar por falta de combustível. Infelizmente, para as linhas de maior demanda não ficarem sem levar o pessoal para trabalhar, o pouco que resta vamos empregar nessas linhas até acabar”, explica.

Segundo Fiuza, a prefeitura foi notificada há quase um mês sobre a possibilidade de paralisação das linhas e nada foi acordado.

“É algo vergonhoso o que acontece em Itajubá. Quase todas as cidades circunvizinhas prestaram esse socorro ao transporte público, que é responsabilidade do município manter. Um concessionário é um mero prestador de serviços. Estamos com prejuízo de seis milhões e em 40 anos de empresa, pela primeira vez atrasamos os salários”, conta.

A Expresso Valônia alega apresentar problemas financeiros desde maio de 2020. Na época, o gerente afirmou que a empresa poderia parar de rodar por problemas financeiros. O motivo seria a queda de 90% do faturamento da empresa por conta da pandemia. De acordo com o gerente, a empresa estava com poucos recursos e fazia esforço para manter os 150 funcionários contratados naquela época. 

Em janeiro deste ano, os funcionários chegaram a cogitar uma greve por falta de pagamento e, em fevereiro, cerca de 50 funcionários foram dispensados da empresa. No início do mês de julho, a Valônia atrasou novamente os salários, que já foram regularizados.

A prefeitura criou, em fevereiro de 2021, uma comissão para fiscalizar a prestação do serviço de transporte público no município. A comissão, formada por servidores públicos, tem a função de analisar todos os detalhes do contrato com a empresa Expresso Valônia, sanar as demandas da população e fiscalizar o serviço prestado pela empresa de transportes.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itajubá - MG
Atualizado às 13h16 - Fonte: Climatempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 15° Máx. 32°

28° Sensação
8.3 km/h Vento
29.3% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias