Segunda, 01 de Março de 2021 12:40
Geral Paralisação

Por atraso de pagamento, funcionários da Valônia ameaçam greve em Itajubá

Trabalhadores reclamam de atraso do 13º salário e do pagamento do mês de dezembro; sindicato nega que haja atraso

08/01/2021 10h06 Atualizada há 2 meses
1.139
Por: Redação
Funcionários da Expresso Valônia reclamam da falta de pagamento em Itajubá (Foto: Divulgação)
Funcionários da Expresso Valônia reclamam da falta de pagamento em Itajubá (Foto: Divulgação)

Funcionários da Expresso Valônia, empresa responsável pelo transporte coletivo em Itajubá, ameaçam fazer uma paralisação por conta do atraso do 13º salário e do pagamento do mês de dezembro. O caso acontece na manhã desta sexta-feira (8).

Segundo Hernane Rodrigues (PT), vereador pelo mandato coletivo da Câmara Municipal, os trabalhadores tentam uma negociação junto ao sindicato e a gerência da empresa.

O parlamentar acompanha a mobilização dos funcionários na sede da empresa, no bairro São Sebastião.

"Agora vai ter uma reunião com o sindicato, e o mandato coletivo está acompanhando as negociações, e a gente espera um posicionamento da Valônia com relação a isso", afirma. 

Até o momento, nenhum acordo foi firmado entre os funcionários e a empresa de ônibus. Conforme o presidente do sindicato, Jurandir de Oliveira, não há atraso no pagamento de 13° e o problema, na realidade, acontece pelo fato de a Expresso Valônia não ter pago a outra metade do salário dos trabalhadores, que era de obrigação do governo.

Com o final do programa que permitia o pagamento de complemento salarial para os funcionários em redução de jornada, a empresa continuou com escala reduzida, mas não se comprometeu a pagar a outra metade dos salários. "Eles voltaram na jornada normal e a empresa não pagou a outra porcentagem", disse.

Ainda de acordo com Oliveira, se a empresa não aceitar as solicitações do sindicato, os ônibus podem parar de circular na próxima quinta-feira (14). "Se a empresa não aceitar, vamos fazer um comunicado e enviar para a prefeitura", contou.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias