Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 07:38
Geral Itajubá

Em disparada da covid-19, prefeitura fecha o cerco contra aglomeração em bares da cidade

Quem não cumprir as regras poderá perder alvará

21/01/2021 00h58 Atualizada há 4 semanas
5.322
Por: Redação
Guarda Municipal e Polícia Militar intensificam fiscalização contra aglomeração (Foto: Redes sociais)
Guarda Municipal e Polícia Militar intensificam fiscalização contra aglomeração (Foto: Redes sociais)

A prefeitura de Itajubá está intensificando as ações de combate a aglomerações diante do agravamento da pandemia de covid-19. Em apenas uma semana, a cidade registrou 259 novos casos da doença e nove óbitos. Desde o sábado passado (16), a cidade está na Onda Amarela do programa Minas Consciente, que prevê uma série de regras para flexibilização no funcionamento de vários setores do comércio e serviços na pandemia.

Para evitar o aumento de casos, uma ação conjunta entre a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária tem intensificado a fiscalização em bares de Itajubá. O objetivo é garantir o fechamento dos bares às 23h59 e evitar aglomerações, conforme determinado em um decreto publicado pela prefeitura. Ao longo dos últimos dias, vários estabelecimentos foram vistoriados.

Segundo a Polícia Militar, quando o estabelecimento não cumpre o decreto e fica aberto após às 23h59, é feito um Boletim de Ocorrência. O documento é encaminhado à prefeitura que toma as medidas necessárias, que podem acarretar na cassação do alvará do empresário responsável. 

De acordo com o decreto, o descumprimento das medidas também pode acarretar em multa e interdição total da atividade. Além de fiscalizar as normas do decreto, os militares também verificam infrações como perturbação do sossego e aglomeração, que podem gerar ações penais.

Na última terça-feira (19), os prefeitos de Itajubá, Brazópolis e Piranguinho se reuniram com o novo comandante do 56º Batalhão de Polícia Militar, o Tenente Coronel André Luis, para definir medidas mais enérgicas contra as aglomerações durante a pandemia. Ainda segundo a polícia, o comando do Batalhão se prontificou a contribuir com os prefeitos por meio de ações que possam garantir o poder técnico de fiscalização dos órgãos municipais. 

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias