Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 06:06
Geral Solidariedade

Campanha tenta arrecadar dinheiro para Acari reconstruir telhado destruído pela chuva em Itajubá

Quatro projetos ligados à Universidade Federal de Itajubá tentam ajudar a instituição que auxilia catadores na cidade

04/02/2021 00h48 Atualizada há 3 semanas
127
Por: Redação
Chuva destruiu parte do telhado da instituição, que fica no bairro Santa Rosa (Foto: Divulgação)
Chuva destruiu parte do telhado da instituição, que fica no bairro Santa Rosa (Foto: Divulgação)

A Associação de Catadores Autônomos de Reciclagem Itajubense (Acari), em parceria com quatro projetos ligados à Universidade Federal de Itajubá (Unifei), criou uma vaquinha virtual para arrecadar fundos para a entidade. Em outubro de 2020, uma forte chuva destruiu parte do telhado da instituição, que fica no bairro Santa Rosa.

A iniciativa foi criada pelos projetos ComCiência, Engenheiros da Alegria, ONG Amigos de Itajubá e pela Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares de Itajubá (Intecoop) e tem como objetivo levantar um fundo emergencial para investimentos em infraestrutura para o espaço que ajuda os catadores.

Além do telhado, a vaquinha virtual pretende comprar móveis, eletrodomésticos e equipamentos para a entidade e garantir melhores condições aos catadores de materiais recicláveis que utilizam o local. 

A Acari é uma organização sem fins lucrativos e que há 11 anos trabalha com resíduos em Itajubá. Entretanto, a instituição não é contratada pela prefeitura pelos serviços ambientais que presta ao município. Além disso, não recebe qualquer tipo de auxílio financeiro, material ou de espaço físico para poder executar suas atividades.

Hoje, a instituição conta com 24 trabalhadores associados, 10 catadores autônomos e ainda utilizam do espaço vendedores, compradores e doadores de materiais recicláveis que atuam na cidade. 

De acordo com a Intecoop, a associação recolhe mais de 55 toneladas de resíduos para a reciclagem por mês de diversos bairros de Itajubá, sendo responsável pela redução de 660 toneladas de lixo que iriam para o aterro sanitário ao ano. 

Por conta da excelência no trabalho prestado em Itajubá, a instituição integra a plataforma Reciclar pelo Brasil, um programa que conta com empresas como Coca-Cola, Ambev e Nestlé e tem o objetivo de investir em cooperativas de catadores do país para reduzir as embalagens descartadas nos aterros.

Para ajudar na vaquinha virtual, com qualquer valor, o interessado deve acessar a plataforma Abacashi.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias