Quarta, 21 de Abril de 2021 02:44
Geral Perda

Morre presidente do sindicato dos funcionários da Valônia vítima de covid-19

Jurandir de Oliveira defendia funcionários demitidos

09/03/2021 22h11 Atualizada há 1 mês
5.951
Por: Redação
Jurandir de Oliveira estava internado no Hospital de Clínicas e não resistiu às complicações da covid-19 (Foto: Redes sociais)
Jurandir de Oliveira estava internado no Hospital de Clínicas e não resistiu às complicações da covid-19 (Foto: Redes sociais)

Morreu, nesta terça-feira (9), Jurandir de Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários e de Passageiros do Sul de Minas. Ele estava internado no Hospital de Clínicas, em Itajubá, e não resistiu às complicações da covid-19. Ele faleceu vítima de insuficiência renal e parada cardíaca.

A informação do óbito foi dada por sua afilhada, Goreti Domingos, pelas redes sociais. "Hoje nos despedimos de você, meu padrinho, meu amigo, Jurandir de Oliveira. Homem muito alegre e sempre disposto a ajudar, que foi vencido por essa doença ingrata, chamada covid", disse. 

Oliveira atuava como principal interlocutor entre os mais de 40 funcionários demitidos pela Expresso Valônia e representantes da empresa, que tem negado pagar o valor integral das multas das rescisões de contrato. 

Responsável pelo transporte coletivo de passageiros em Itajubá, a Valônia alega crise financeira por conta da pandemia do novo coronavírus, e afirma ter dificuldade de manter o quadro de funcionários.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias