Quarta, 21 de Abril de 2021 02:29
Política Polêmica

Vereadores questionam gasto de R$ 120 mil com ração pela prefeitura

Prefeitura abriu licitação para compra com verba de secretarias

25/03/2021 10h19 Atualizada há 4 semanas
158
Por: Redação
Vereadores querem explicação da prefeitura sobre compra de ração por secretarias (Foto: Diário de Itajubá)
Vereadores querem explicação da prefeitura sobre compra de ração por secretarias (Foto: Diário de Itajubá)

Vereadores do mandato coletivo Nossa Voz (PT) entraram com um requerimento na Câmara Municipal pedindo explicações sobre gastos de pouco mais de R$ 120 mil para compra de rações para peixes, gatos e cães pela prefeitura de Itajubá.

A licitação faz parte de um planejamento da administração municipal que pretende utilizar recursos das secretarias de Cultura, Saúde e Defesa Social para compra do material. As propostas das empresas interessadas deverão ser enviadas até 31 de março. 

No documento, que tem 37 páginas, a prefeitura explica os termos do contrato e informa que serão gastos R$ 120.319,64 para a compra de 9,2 toneladas de ração para cães, gatos e peixes com o dinheiro dessas secretarias. 

De todo o valor, R$ 108.579,20 serão destinados para a compra de 8.870 quilos de ração para cães. Outros R$ 3.735,00 serão destinados para a compra de 300 quilos de ração para gatos e R$ 8.005,44 para a aquisição de 96 quilos de ração para peixes adultos. 

"No pedido, buscamos entender quais atividades ou projetos das secretarias utilizam tais materiais e precisariam de ração, a estimativa de consumo dos referidos materiais presentes na licitação e informações sobre as quantidades de itens do processo que serão alocados com recursos de cada secretaria", explicaram os parlamentares em nota.

O requerimento, que ainda não tem data para ser votado no plenário da Câmara Municipal, precisa ser aprovado pela maioria dos vereadores.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias