Sexta, 14 de Maio de 2021 23:34
Política Covid-19

Câmara anula decisão que atrasaria projeto sobre transparência da vacinação

Presidente do Legislativo considerou que manobra não teria respaldo do Regimento Interno e anulou decisão

09/04/2021 12h55 Atualizada há 1 mês
226
Por: Redação
Manobra não teria respaldo do Regimento Interno da Câmara Municipal, e por ser antirregimental, foi anulada (Foto: Divulgação)
Manobra não teria respaldo do Regimento Interno da Câmara Municipal, e por ser antirregimental, foi anulada (Foto: Divulgação)

O presidente da Câmara Municipal, Robson Vaz (PSDB), acolheu o pedido do vereador Pedro Gama (PV) e anulou a decisão da Comissão Permanente de Constituição, Legislação e Redação que queria reavaliar o projeto de Lei que prevê maior transparência na vacinação contra a covid-19 na população de Itajubá.

Durante reunião da comissão na segunda-feira (5), o presidente Tenente Melo (Republicanos) e o segundo suplente, Rafael Rodrigues (Democratas) votaram para reavaliar o texto. O relator, Pedro Gama (PV), foi contra. 

Tanto ele quanto a vereadora Andressa Dayane (PT), que é autora do projeto junto com Markinhu Meireles (PSD), criticaram a decisão do presidente da comissão, e afirmaram que a manobra serviria para travar o texto e impedir que ele fosse para votação em plenário, o que poderia ter sido realizado na própria segunda (5). 

Segundo Pedro Gama, a manobra não teria respaldo do Regimento Interno da Câmara Municipal, e por ser antirregimental, deveria ser anulada. Com a decisão da presidência do Legislativo, o texto pode ser votado já na próxima sessão, marcada para segunda-feira (12). 

Na semana passada, o prefeito Christian Gonçalves (DEM) e o vice-prefeito e secretário de Saúde, Nilo Baracho (Republicanos), entregaram ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) a lista dos vacinados em Itajubá. Nesta semana, a mesma lista foi repassada à Câmara Municipal após pressão dos vereadores, que já enviaram ofícios para obter a listagem.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias