Sexta, 14 de Maio de 2021 23:58
Geral Pandemia

Quase um mês após Onda Roxa, casos de covid-19 caem 19% em Itajubá, segundo prefeitura

Números mostram que taxa de ocupação nos hospitais diminuiu

14/04/2021 14h20 Atualizada há 3 semanas
1.361
Por: Redação
Casos de covid-19 em Itajubá caíram 19% em comparação com o período antes e depois da Onda Roxa (Foto: Divulgação)
Casos de covid-19 em Itajubá caíram 19% em comparação com o período antes e depois da Onda Roxa (Foto: Divulgação)

Números divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde da prefeitura de Itajubá apontam que, quase um mês após a administração municipal acatar à determinação do governo do estado para a Onda Roxa do programa Minas Consciente, o índice de contaminados pela covid-19 caiu 19% em Itajubá. Por outro lado, o número de óbitos subiu 68%.

Os números apontam a relação de casos e óbitos nos 27 dias antes e depois do decreto de 17 de março, que rebaixou a cidade para a faixa mais restritiva do programa de flexibilização durante a pandemia. Nas quase quatro semanas anteriores ao decreto, a cidade teve 1.936 contaminados pela covid-19. No mesmo período após o início da Onda Roxa, esse índice foi de 1.553 infectados. 

A queda entre um período e outro foi de 19,7%. Em 17 de fevereiro, 3.197 pessoas tinham contraído a doença. Em 16 de março, um dia antes de a prefeitura decidir acatar à determinação do Governo de Minas Gerais, a cidade acumulava 5.133 infectados. Em 18 de março, um dia após o decreto, o número de infectados era de 5.289, e subiu para 6.842 em 13 de abril. 

Com relação ao número de óbitos, foram registradas 70 mortes nesse período. Em 17 de fevereiro, a cidade tinha perdido 105 pessoas para a covid-19. Em 16 de março, esse número era de 175. Em 18 de março, o número de mortes pela doença era de 118. 

Em 13 de abril, esse índice chegou a chegou a 304, segundo a prefeitura. A diferença entre as duas datas chega a 118 óbitos, um total de 48 a mais que o registrado nos 27 dias anteriores à Onda Roxa. Em comparação com os dois períodos, o registro de óbitos aumentou 68%.

Entre fevereiro e março, a cidade também viu seu número de internados subir de forma gradativa. Um mês antes da Onda Roxa, a cidade tinha 70 pessoas em tratamento contra a covid-19. Na véspera do decreto, esse índice tinha chegado a 175 pacientes.

O número de pacientes em tratamento diminuiu consideravelmente entre um período e outro. Em 16 de março, 175 pessoas estavam em acompanhamento por estarem com covid-19 em Itajubá. Em 13 de abril, esse número caiu para 51 pessoas. 

Ainda segundo a prefeitura, a taxa de ocupação nos hospitais também caiu de 100% nos leitos de UTI e enfermaria, em 17 de março, para 91% na terapia intensiva e 60% das enfermarias no boletim de 13 de abril.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias