Sexta, 25 de Junho de 2021 03:18
Política Fiscalização

Prefeito de Itajubá decreta multa de até R$ 7,8 mil para quem provocar queimadas

Segundo prefeitura, multas podem variar de R$ 591,60 a R$ 7.888,00, dependendo da gravidade

13/05/2021 14h07
116
Por: Redação
Prefeitura de Itajubá estabelece multa para quem provocar queimadas em vegetação (Foto: Corpo de Bombeiros)
Prefeitura de Itajubá estabelece multa para quem provocar queimadas em vegetação (Foto: Corpo de Bombeiros)

O prefeito Christian Gonçalves (DEM) assinou, na última sexta-feira (7), um decreto que estabelece a proibição do uso de qualquer método de queimada, ainda que de forma controlada, em todo o perímetro urbano e rural de Itajubá.

A medida é válida até o dia 7 de novembro, durante o período em que aumentam os riscos de ocorrência de queimadas e incêndios em vegetação. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente será a responsável pela aplicação das multas, que podem variar de R$ 591,60 a R$ 7.888,00, dependendo da gravidade. 

O decreto institui também o Comitê de Gerenciamento de Crise de Queimadas em Itajubá com medidas de proteção necessárias para o controle de queimadas, especialmente durante o período prolongado de estiagem.

O comitê ainda prevê ações como treinamentos de combate a queimadas e aquisição de materiais como abafadores de incêndio, sopradores, mochilas costais para transporte de água, enxadas, pás, foices e facões. 

Como medida de precaução, a prefeitura anunciou a construção e manutenção de aceiros nas áreas de preservação ambiental, que são faixas livres de vegetação onde o solo fica descoberto, impedindo a passagem do fogo de uma propriedade para outra.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias