Sexta, 25 de Junho de 2021 03:28
Geral Itajubá

Após novo surto de covid-19, Câmara suspende atividades presenciais

Pelo menos três funcionários foram infectados

25/05/2021 14h38 Atualizada há 4 semanas
980
Por: Redação
Câmara Municipal de Itajubá suspende atividades após surto de covid-19 (Foto: Divulgação)
Câmara Municipal de Itajubá suspende atividades após surto de covid-19 (Foto: Divulgação)

O presidente da Câmara Municipal de Itajubá, Robson Vaz (PSDB), decidiu suspender as atividades presenciais no Legislativo. A decisão foi tomada em portaria publicada nesta segunda-feira (24), após pelo menos três servidores serem diagnosticados com covid-19.

Apesar das contaminações, o parlamentar não confirmou que funcionários tenham sido infectados, nem que esse seja o motivo da interrupção das atividades presenciais. A medida começou a valer nesta terça (25) e segue até 6 de junho.

Segundo Vaz, a decisão foi tomada como medida de controle à pandemia de covid-19 e à propagação da doença no âmbito da Câmara Municipal. O vereador também afirmou haver a necessidade de fechamento momentâneo do Legislativo, sem especificar o motivo. 

Nesta segunda (24), a reportagem do Diário de Itajubá foi informada, com exclusividade, que três funcionários haviam testado positivo para a covid-19. É a segunda vez que a Câmara Municipal enfrenta um surto da doença. 

Em agosto do ano passado, logo após o recesso do Legislativo Municipal, um vereador, dois assessores parlamentares, uma funcionária do setor administrativo e uma funcionária terceirizada também foram infectados pelo novo coronavírus.

Com a restrição, estão impedidas reuniões solenes, comemorativas, especiais, audiências públicas, visitação institucional e outros programas promovidos pela Câmara Municipal de Itajubá, incluindo as atividades realizada pela Escola do Legislativo. Os funcionários foram dispensados e poderão trabalhar de forma remota.

Por outro lado, as sessões ordinárias poderão ser realizadas em plenário, desde que respeitando o limite de pessoas e o distanciamento social. Entretanto, parlamentares poderão continuar participando à distância. 

As reuniões de comissões permanentes ocorrerão apenas de forma virtual, com exceção da CPI da covid-19, que poderá ser realizada de forma presencial. 

"Caberá aos diretores de cada setor realizar a distribuição dos trabalhos, sendo, ainda, responsáveis pela convocação dos mesmos nas atividades presenciais excepcionais", informou o presidente da Câmara. 

A medida também atinge trabalhadores terceirizados. "Os serviços terceirizados no âmbito da Câmara Municipal poderão ser realizados em regime diferenciado, conforme demanda da Casa", informou. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias